Histórico

Em novembro de 2012 Ana Laura Lopez de la Torre (Uruguay) participou do 26° Festival de Arte Cidade de Porto Alegre  com uma oficina sobre participação e arte contemporânea.  Foi uma semana de caminhadas pelo bairro Menino Deus coletando histórias, fazendo conexões, conhecendo vizinhos, improvisando gestos. Foi neste percurso que Ana Laura e o pequeno grupo  de artistas que a acompanhava fez o primeiro contato com Dona Eva e conheceu seus cultivos na Praça Lupicínio Rodrigues: um jardim de ervas e flores, uma pequena horta  e árvores frutíferas cultivadas com entusiasmo e generosidade em colaboração com alguns vizinhos da comunidade.[i]

No ano seguinte, em 2013,  o 27° Festival de Arte Cidade de Porto Alegre recebeu a artista Thereza Portes (Belo Horizonte, MG) para uma edição local do Laboratório Nessa rua tem um rio.[ii] Naquela ocasião, a artista mineira trouxe para o Atelier Livre a proposta de bordar uma toalha de mesa e realizar um café na rua  em colaboração com os vizinhos do Centro Municipal de Cultura, replicando aqui a ação que já vinha realizando há alguns anos no centro de Belo Horizonte. Foi um tempo de reencontro e estreitamento de laços com os vizinhos que lançou o fio para seguirmos construindo essa rede.

[i] https://pedagogyoftransgression.wordpress.com/2012/11/09/el-jardin-de-eva-en-menino-deus/

[ii] https://nessaruatemumrio.wordpress.com/sobre-o-projeto/).